img imprensa1

Comunicado: Manifestação sobre a CPI da Fosfoetanolamina

O Conselho Deliberativo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, ao tomar ciência do relatório final da CPI da Fosfoetanolamina, vem a público informar que:

- a pesquisa foi demandada e financiada pelo governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, para que fosse conduzida pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, o que foi pronta e rigorosamente atendido pelo referido Instituto;

- a pesquisa foi realizada de acordo com os mais exigentes protocolos científicos nacionais e internacionais, dentro dos mais elevados padrões éticos e científicos adotados pela Faculdade de Medicina da USP e pelos órgãos reguladores de pesquisa clínica do Brasil. A pesquisa foi acompanhada por diferentes instâncias, como a Comissão de Ética e Pesquisa da FMUSP e a Comissão Nacional de Ética em Pesquisas (CONEP).

- foram os resultados da pesquisa, que demonstraram não haver benefício clínico com o uso da fosfoetanolamina, e, portanto, no interesse dos próprios pacientes, que levaram à suspensão da inclusão de novos casos no estudo;

- nesse sentido, reiteramos o total apoio ao professor Paulo Hoff, investigador principal da pesquisa, que sempre, e mais uma vez, seguiu as exigências éticas e o mais absoluto rigor científico, como, de resto, tem feito ao longo de toda a sua carreira, com reconhecimento dos maiores centros de oncologia nacionais e internacionais;

- durante todo o tempo, o ICESP adotou uma postura de transparência, para que os estudos pudessem ser acompanhados e verificados durante sua realização;

- vale ressaltar, mais uma vez, que o ICESP conta com uma renomada equipe de profissionais especialistas em pesquisa clínica, reconhecida nacional e internacionalmente justamente por seu rigor e mérito científico e elevados padrões éticos, que busca diuturnamente o melhor para os pacientes oncológicos, como atestam as pesquisas realizadas com os próprios pacientes, seus familiares e a comunidade científica. Por tudo isso, possui acreditações nacionais e internacionais e foi reconhecido pela população, em pesquisa de satisfação com usuários do SUS, como o melhor hospital público da cidade de São Paulo;

- mais uma vez, em nome da transparência e do interesse público, a instituição se coloca à disposição para fazer quaisquer esclarecimentos que forem necessários.

Conselho Deliberativo do Hospital das Clínicas da FMUSP

HC e os seus 74 anos

hcEm 19 de abril de 1944, iniciava-se uma história promissora de excelência. Nascia o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), um hospital-escola que logo se tornou o maior complexo hospitalar da América Latina.

Hoje, o HCFMUSP se mantém entre os gigantes e, às vésperas da comemoração de seus 74 anos, afirma os seus valores de ética, humanismo, responsabilidade social, pluralismo, pioneirismo e compromisso institucional. Em 2018, seguindo sua trajetória de sucesso, grandes já foram os seus feitos:

Transplante inédito de fígado em paciente com diagnóstico de hepatite fulminante provocada por febre amarela, em 29 de dezembro de 2017, o que possibilitou que o procedimento fosse realizado em outros pacientes em janeiro deste ano, e que outras instituições do País recebessem o treinamento da equipe do HC para replicar o procedimento.

Inauguração do Bloco III do InCor – Instituto do Coração, com Hospital-Dia, Central de Endoscopia Digestiva e Respiratória, Unidade de Internação do Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, com 24 novos leitos, em março.

Ainda em março, em sessão solene no Palácio 9 de Julho, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo homenageou o Superintendente do HCFMUSP, Engº. Antonio José Rodrigues Pereira, com a outorga do Colar de Honra ao Mérito Legislativo.

Lançamento da Cartilha Compliance em edição impressa - fruto do trabalho de uma comissão, que se aprofundou no estudo do ‘compliance’ e se torna um marco da Instituição em garantir as melhores relações profissionais corporativas, orientando seus colaboradores sempre de acordo com a ética e a transparência.

Implementação do sistema de gestão documental, o SPdoc - Sistema de Gestão Documental. Trata-se de um instrumento informatizado para cadastro dos documentos administrativos produzidos e recebidos pelo hospital e que substituirá o atual GD.

Mais recentemente, no início deste mês, entrega das instalações do Hospital Estadual de Suzano, localizado no Bloco C do HAS - Hospital Auxiliar de Suzano, unidade de retaguarda do Complexo HCFMUSP.

E não para por aí. Ainda neste semestre, o HC mais uma vez será o único hospital público com estande na Feira Hospitalar, de 22 a 25 de maio, no Expo Center Norte. Durante a Hospitalar 2018, o Hospital das Clínicas inovará com uma programação recheada de palestras, a serem realizadas em espaço reservado no próprio estande.

Além de agradecer aos colaboradores por manterem este gigante em pé, o HC convida a todos a celebrar todas essas realizações. Uma salva de palmas para o HC!

CSS Internas